Mobirise website generator

Desde pequenoGabriel Esteves teve a influência musical de seu pai, Luiz Esteves, e começou a se envolver com a música aos nove anos, quando começou a aprender violão. Aos treze, realmente se apaixonou pela música, após ouvir o CD "Californication", da banda Red Hot Chilli Peppers. Aos catorze anos, ganhou uma guitarra de sua mãe como presente de aniversário e praticava por várias horas diariamente. Seu pai percebendo que o jovem garoto estava se dedicando e aperfeiçoando sozinho no instrumento, resolveu convidá-lo para seu projeto de rock Leyline, no qual juntos gravaram cinco CDs e um single. Aos quinze anos, também influenciado por seu pai, começou a cantar e, naturalmente, a compor. 

Em outubro de 2009, Gabriel Esteves fez o show de lançamento de sua carreira solo no Teatro Alterosa, em Belo Horizonte, e com a produção de Mauricio Tobias passou por vários respeitados teatros de Minas Gerais, incluindo O Palácio das Artes - Sala Juvenal Dias, Teatro Casa da Ópera de Ouro Preto, Teatro Usina Gravatá de Divinópolis, Teatro SESI de Mariana, Teatro SESI Vânia Campos de Itaúna, Teatro Leão de Formosa de Patos de Minas, Teatro Municipal de São João del-Rei, dentre outros.

O primeiro CD solo “Gabriel Esteves”, com a produção musical de seu pai, Luiz Esteves, foi lançado em 11 de dezembro de 2014, com um show no Mercado das Borboletas, em Belo Horizonte, MG. Em 18 de abril de 2015, Gabriel Esteves e Banda fizeram uma segunda apresentação de lançamento e divulgação do álbum no Teatro de Bolso do SESC Palladium em Belo Horizonte.

Gabriel Esteves se apresenta, com um "Power Trio", sendo ele na guitarra e vocais, Marco Farnezi no baixo e “backing vocal” e Claret Resende na bateria, com produção musical de Luiz Esteves.